Como se Pega Impingem, Sintomas e Tratamentos

Hoje vamos falar sobre a impingem, o que é, os sintomas e tratamento deste problema de pele que incomoda muita gente. Conhecida também como ‘tinea corporis’, este é um problema que tem como causador, algum tipo de fungo ou micróbio.

O QUE É A IMPINGEM ?

Com alto poder de contágio, esta doença é causada por fungos que são encontrados em grande quantidade em nosso organismo. Mas o fato é que quando estes encontram um meio de reprodução propício, acabam se proliferando indevidamente e acabam causando prejuízos a saúde.


O que acontece é que nossa pele é composta de queratina, uma substancia que é perfeita para os fungos se alimentarem. E basta o local ou a pele estar úmida, e o local ser quente, se a pessoa estiver com a imunidade baixa, será perfeito para a proliferação destes microorganismos.

impingem

Quem pode sofrer com impingem e onde aparece

Qualquer pessoa poderá estar sujeita as impingens, seja criança ou adulto, não importa, basta estar em condições favoráveis ao seu aparecimento.

As ‘tineas’ mais comuns são as que aparecem no couro cabeludo, provocando lesões e falhas nos cabelos. Os mais atingidos neste caso são as crianças.

Mas esta doença também pode aparecer nos pés quando acaba descamando a parte da sola dos pés. Conhecida como interdigital, esta também poderá afetar os vãos dos dedos dos pés, onde gera coceira, descamação e fissuras.

Existe também a versão inguinal que aparece na região das nádegas e também das coxas.



Quais são os sintomas da impingem

Os sintomas são bastante nítidos, e não é tão difícil reconhecer. Então, se você observar características que o levem a pensar nisso, deve imediatamente procurar um médico que irá fazer o diagnóstico e devido tratamento.

Estas manchas que são causadas por fungos, trazem aspectos de bolhas avermelhadas inicialmente, que são cheias de líquido claro e após um dia da contaminação se tornam purulentas. Dispostas em formato arredondado estas coçam exageradamente. Com o passar do tempo, as bolhas se transformam numa crosta amarelada que irá se desprendendo da pele da pessoa facilmente.

Veja alguns sinais:

  • Manchas avermelhadas na pele com bordas marcadas e o centro mais claro.

  • Coceira intensa na região.

  • Bolhas com bordas escamadas.

  • Erupções da pele.

  • Leve inchaço no local.

  • Bolhas de pus sobre a pele.

  • Aspereza nas bordas das manchas.

Se algum dos sintomas acima acontecer, é importante que você procure o médico que indicará o devido tratamento assim como dirá se há necessidade de isolamento do paciente, quando em casos mais graves, até que o tratamento seja administrado e surta o efeito devido.

Como prevenir as impingens, ou como se pega

Como essa doença de pele é altamente contagiosa, e pode também se desenvolver em condições que a favoreçam, é importante que algumas medidas sejam tomadas na prevenção, entre elas:

  • Não compartilhar objetos pessoais como pentes, roupas, calçados, toalhas, bonés ou qualquer outra coisa.

  • É importante também evitar o uso de roupas muito ajustadas.

  • Prefira sempre usar roupas de algodão ao roupas de sintéticos, especialmente quando se trata de roupas íntimas.

  • Nunca ande descalço, especialmente em locais públicos e úmidos como saunas, vestiários banheiros, ruas, praias e outros.

  • Após tomar banho, sempre seque muito bem todas as partes do corpo, especialmente as dobras tipo virilhas, axilas, vão dos dedos dos pés, entre outras.



  • Cuidado ao trabalhar com as mãos na terra. Utilize-se de luvas para tanto.

  • Tenha seus utensílios pessoais na hora de ir para a manicure, como lixa, tesoura, alicate e outros.

  • Prefira sempre os calçados mais largos e ventilados, deixe de lado os calçados mais justinhos. E nunca use um mesmo sapato 2 dias seguidos.

Obs.: estas são medidas que evitam não somente as micoses ou impingens, mas também uma série de outras doenças.

Como fazer o tratamento contra as impingens

O tratamento só pode ser prescrito pelo médico. Isso porque, se você utilizar-se de outros tratamentos indicados por esta ou aquela pessoa, poderá complicar ainda mais o tratamento depois. É importante que o médico avalie a situação, e indique o medicamento mais adequado.

Como a doença é causada por fungos, é bem provável que o medicamento indicado seja um antifúngico de uso tópico. Mas antes é importante que a região afetada seja higienizada muito bem com água e sabão, bem seca, e somente então fazer-se uso da pomada.

Se o quadro for muito agressivo, é bem provável que o médico indique também medicamentos de uso oral. Mas, é importante o paciente ter a consciência de que todo e qualquer medicamento deve ser devidamente utilizado para que os resultados sejam realmente satisfatórios.

O ideal é que assim que a doença comece a aparecer, já buscar pelo médico dermatologista, pois assim será mais fácil fazer o tratamento. Então, nunca deixe a doença se estender por muito tempo. Assim que aparecer, corra para o médico.

Também podem ser feitos tratamentos através de antibióticos e corticoides quando os casos se apresentam mais graves. Ainda pode-se fazer uso da medicina alternativa, da qual pode-se também obter resultados bastante satisfatórios.

Obs.: É importante que o uso do medicamento seja até o fim, mesmo que os sintomas tenham desaparecido, este deve ser feito pelo tempo determinado pelo médico para evitar que a doença volte.

Medicamentos farmacêuticos para impingem

Veja alguns exemplos de medicamentos tanto pomada quanto comprimido que podem ser usados para este fim:

  • Cetoconazol

  • Fluconazol

  • Amorolfina

  • Terbenafina

Tratamento caseiro para impingem

  • Alho – Amasse alho e deixe de molho na água por aproximadamente 6 horas. Depois disso, é só passar sobre o local, várias vezes durante o dia.

  • Alecrim – Infusão de folhas de alecrim com água também oferecem excelente resultado quando usadas sobre o local afetado. Lave várias vezes durante o dia.

  • Repolho – Faça compressas sobre o local com folhas de repolho amassadas.

  • Faça chá de folhas de repolho e aplique sobre o local.

  • Levedura de cerveja – Adote o uso de levedura de cerveja para aumentar a imunidade do organismo, deixando-o mais resistente ao ataque de fungos e bactérias. Misture uma colher de levedura na água e tome todos os dias.

  • Babosa ou aloe vera – Passe o gel da babosa sobre a área afetada, deixando o gel secar sobre o local. Adote esse duas vezes ao dia. Mesmo as impingens mais antigas podem ser eliminadas em até 6 semanas.

  • Açafrão – adote o açafrão que pode ser umedecido com vinagre de maçã e passado sobre o local. Se arder, não tem problema. Use duas vezes ao dia.

  • Limão – não tem segredos. Você só precisa espremer o limão sobre o local e deixar. Repita isso várias vezes ao dia, mas tome cuidado com o sol.

Obs.: é importante o paciente saber que além de todos os cuidados acima citados, durante o tratamento é importante que não seja tomado sol sobre o local, pois o sol ativará a produção dos agentes causadores da impingem.

Então, agora você já sabe basicamente tudo sobre esta doença que é muito fácil de contaminar, mas, a melhor maneira ainda, antes de se contaminar, é realmente prevenir este problema, pois com cuidados essenciais, você com certeza, ficará longe dele.

Leia também